Atlética UVA Cabo Frio entra na campanha de solidariedade por Araruama

atlética uva cabo frioQueridos amigos,
a chuva de ontem (29/22/16) estragou a vida de muita gente, principalmente em Araruama. Neste sentido, a Família da Atlética UVA Cabo Frio entendeu que o momento agora é de falar sério. Gostaríamos MUITO da ajuda de todos vocês com doações de tudo que for possível, roupas em geral, principalmente roupas íntimas, calçados, alimentos não perecíveis, água potável, materiais de higiene pessoal, material de limpeza, e etc. As doações serão recolhidas no Campus de Cabo Frio da UVA e serão direcionados a Araruama, a princípio, para o CRAS da cidade.
Lembramos que há outros pontos de arrecadação na cidade e que os moradores das proximidades podem encaminhar as doações diretamente para Araruama e o quanto antes.
Todo tipo de ajuda é importante e será bem vinda! Desde já agradecemos a colaboração e solidariedade de todos!
Tem um stand da Atlética UVA – Cabo Frio no saguão do campus da UVA em Cabo Frio – a aluna Renata Rodrigues também mora em Araruama e está coordenando isso. O whatsapp dela é (22) 99271-7510.
A Fanpage da Atlética da UVA Cabo Frio é https://www.facebook.com/AtleticaUvaCaboFrio

Arena dos Blocos é confirmada no Carnaval de Cabo Frio

vai ter carnavalDesde a veiculação, no final do ano passado, de que a Prefeitura de Cabo Frio não faria o Carnaval da cidade, houve muitas informações desencontradas nas redes sociais. O que aconteceu, na verdade, foi uma informação passada de maneira equivocada.

Claro que vai haver Carnaval! O que não haverá é repasse de dinheiro público para os desfiles de blocos e escolas de samba. O próprio prefeito Alair Corrêa (PP), em entrevista à BBC News, reiterou a informação. “Cada agremiação que desejar pode desfilar, desde que arque com todas as despesas. A Prefeitura não tem recursos”.

Em vista disso, e para esclarecer o impasse, quatro blocos se manifestaram nesta manhã (26) no Facebook e emitiram uma nota oficial, garantindo que a Arena dos Blocos, local de concentração de muitos foliões, implantada pela primeira vez em 2013, será, mais uma vez, montada – e com 100% dos recursos vindos da iniciativa privada. Segue a nota:

“Os Blocos OFICIAL, DAS DAMAS, OH SORTE! e QUERO MAIS se uniram e vamos montar uma super estrutura coberta com mais de 3.000 metros quadrados, com piso, camarote, palco, banheiros, praça de alimentação e toda segurança que vocês merecem para curtir o Carnaval !

Diante da crise econômica que o país passa, e afeta também nossa cidade, entendemos que a cidade não poderia ficar sem a maior festa do ano, e contratamos TRIOS ELÉTRICOS que vão puxar os blocos pela orla da Praia do Forte e fazer a alegria da população e turistas. Lembrando que todo o investimento é privado!

Espalhem a notícia: Cabo Frio vai, sim, ter CARNAVAL!”

Além disso, a Associação dos Blocos e Atividades Carnavalescas de Cabo Frio (ABACCAF) publicou em sua fanpage o mapa dos blocos que estão aptos a desfilar na cidade já a partir deste sábado (30).

Para os DJs: mais talento, menos mídia

tarapi

MC Tarapi

E termino mais um final de semana de trabalho como DJ (atualmente, como residente do pub Camarote da Bola, no Boulevard Canal, em Cabo Frio; e do Luau do Nada Igual, no São Pedro Esporte Clube). Cinco noites por semana dormindo com o dia claro, tendo que conciliar com meu trabalho diurno, me sacrificando um pouco para conseguir equacionar as finanças nesses tempos de crise.

sabrina

MC Sabrina

Mas não é de crise que eu quero falar. Também não quero ficar aqui me lamentando. Mas é que a gente passa tanto tempo engolindo sapos, aguentando quieto uma série de situações esdrúxulas, que chega uma hora que isso tem que ser colocado pra fora. Como eu não sou de briga, de confusão, prefiro externar o que sinto aqui, pros meus leitores, que são poucos, mas fiéis.

Estou nessa vida de DJ há quase três décadas. Passei por várias fases (de mídias e de investimentos em entretenimento) aqui na região. E hoje, afirmo sem medo de errar, que pelo menos em relação aos DJs profissionais, está muito difícil. Os melhores do mercado ainda são os veteranos, os cascudos. Os que entendem que só a mídia não faz milagre. Se o cara não for bom de frente da case, diante do público, não há mídia que o segure por muito tempo.

Quintal do Chapoquinha: amigos do pagode de Cabo Frio

Quintal do Chapoquinha: amigos do pagode de Cabo Frio

Salvo honrosas exceções, os mais novos, que têm toda a tecnologia a seu favor, não conseguem entender que música é, sobretudo, conhecimento e entretenimento. Ninguém inventou nada agora: um riff de guitarra, um loop de EDM, um teclado de house, um pontinho do funk. Tudo vem de muito tempo, de estudo, de ouvir música, de gostar de música.

Bloco Quero Mais 2014

Bloco Quero Mais 2014

Ah! E além da limitação do talento, tem os que estão sempre esperando uma oportunidade pra oferecer o trinômio BBB: bom, bonito e barato. Costumo sempre dizer que se é bom e bonito, não é barato; se é bom e barato, não é bonito; e se é bonito e barato, não é bom. E, no nosso ramo, um trabalho que não é bom acaba com a noite de diversão de muitos (sem contar a deslealdade de tentar ocupar um espaço que já está ocupado).

Alvinho Nada Igual

Alvinho Nada Igual

Se é que eu posso servir de aconselhador de alguém, uma dica (que serve pra todo mundo, DJs veteranos e novatos e pra quem não é DJ):  ouçam música sem preconceitos. Não só o que você gosta ou o que você toca. Escute outras coisas. Abra sua mente. Expanda horizontes. Você vai descobrir muita coisa boa pra sua vida.

E pra quem fala que eu faço panela, um pensamento: só reclama de panela quem tá fora. E pra entrar na minha panela, tem que ser bom DE VERDADE.

Minha panela: projeto DJs United

Minha panela: projeto DJs United


Game Over: cidade pequena/média e Tinder não combinam. Tenho gente do meu relacionamento pessoal que tá bem enrolada por causa disso.

FlaTwitter: bastaram dois jogos amistosos de pré-temporada para que a neurastênica torcida do Flamengo no Twitter começasse a dar ataque de pelanca. Por padrão, a FlaTwitter (FlaTT, para os íntimos) é chata no máximo que se pode ser em 140 caracteres. Alguns já estão falando em rebaixamento no Brasileiro (que só começa em maio). Eu acho que falta sexo na vida dessas pessoas.

Skol Beats: a cerveja que chegou no mercado causando furor – e se tornou a queridinha do público feminino na noitada – agora está em versão latão. O que vai ter de gente dando PT no Carnaval por conta disso…

Vem pro Camarote: momento do “jabá” – de quarta a domingo, espero você no Camarote da Bola, no Boulevard Canal. Bandas de primeira linha, ambiente muito bacana e uma vibe positiva. Apareça e leve sua galera. A casa está trabalhando com lotação máxima todos os dias (graças a Deus). Um abraço aos irmãos Weverton e Cabeça e à toda a turma que trabalha comigo lá.

Pra terminar: não teve mesmo o Cabofolia. Alguém sentiu falta?

Baile de favela

E todo ano tem aquela velha discussão: a música-chiclete que vai ficar ressoando em nossos ouvidos durante todo o carnaval. Tem quem goste e coloque no repeat do celular (ou do CD do carro); tem quem deteste e fique se perguntando o responsável por tais canções.

Algumas músicas apareceram com destaque nesse verão. A gravação de “Camarote”, do (agora) onipresente Wesley Safadão; e “Bang”, da Anitta – cujo clipe, muito bem bolado, já alcançou 100 milhões de visualizações no YouTube em apenas três meses de exibição; eram as favoritas para o posto.

Porém, todos os holofotes apontam para a execução, a exaustão, de “Baile de Favela”, do paulista MC João. Confesso que quem me mostrou a música, há uns 20 dias, foi minha sobrinha Nathálya. Depois, fui ver no YouTube, e a quantidade de vídeos postados, de uns cinco, seis meses pra cá. com a música impressiona. Rapidamente, Konrad Dantas, o “Kondzilla”, um dos maiores nomes do mercado de produção de videoclipes para a internet no pais nos últimos anos (voltado, quase todo, para o mundo do funk), gravou um vídeo, que em quatro meses, já passou dos 50 milhões de views.

Confira o vídeo de “Baile de Favela”: se é que você ainda não viu

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=kzOkza_u3Z8]

mc-joao-aos-23-anos-domina-o-brasil-com-baile-de-favela-1452797209359_300x300

MC João é baile de favela 🙂

Sempre que se fala em funk, volta-se à discussão de quase três décadas sobre o ritmo, suas virtudes e defeitos. No caso específico de “Baile de Favela”, o sucesso paulista (mais um) provoca discussão interna entre DJs, MCs e produtores do “funk carioca”. Eu sempre penso que música é feita para entreter, divertir. A letra original tem conotação sexual explícita (ou putaria, como queiram), mas o Dennis,  hoje o mais renomado produtor do gênero, fez versões “lights” (sem os palavrões) e com regiões do Rio e Grande Rio (além da versão com as comunidades originais paulistanas citadas).

A repercussão da música continua. O portal UOL fez matéria sobre a música no final de semana. Todo lugar onde eu vou tocar sempre tem alguém que pede. E até algumas bandas já tocam, de brincadeira ou não, aquele que promete ser o hit do carnaval. Preparem os ouvidos.

Veja também os clipes de “Camarote” e “Bang”!

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=g-FIuQFDAxI]
[youtube https://www.youtube.com/watch?v=UGov-KH7hkM]

Campeão mundial de futsal, AFC Kairat chega a Cabo Frio para pré-temporada

Os atletas do Kairat treinaram essa manhã (11) na academia Mais Saúde Fitness, no Novo Portinho (Foto de Ari dos Santos)

Os atletas do Kairat treinaram essa manhã (11) na academia Mais Saúde Fitness, no Novo Portinho (Foto de Ari dos Santos)

AFC Kairat está no Brasil para tentar o bicampeonato intercontinental, a partir de 31 de agosto, no Rio Grande do Sul. Pré-temporada de 20 dias do time do Cazaquistão começou nesta terça-feira

Atual campeão europeu e mundial de clubes de futsal, o AFC Kairat​, de Almaty, no Cazaquistão, começou nesta terça-feira (11/8) a temporada de preparação para a disputa do Campeonato Mundial de Clubes, que acontece a partir de 31 de agosto, em Erechim (RS).

Comissão técnica do AFC Kairat (foto de Ari dos Santos/SECOM PMCF)

Comissão técnica do AFC Kairat (foto de Ari dos Santos/SECOM PMCF)

O time cazaque, dirigido pelo brasileiro Ricardo Sobral​, o Cacau, estará em Cabo Frio nos próximos 20 dias, treinando no ginásio Aracy Machado e na academia Mais Saúde Fitness, onde a delegação fez a atividade nesta manhã. À tarde, acontece o primeiro treinamento com bola. Neste período, o Kairat, que tem como um dos destaques o goleiro Higuita, que atuou por várias temporadas no futsal de Cabo Frio​, fará dois amistosos, contra Botafogo e ADDP Cabo Frio, em datas a serem definidas.

Além de Higuita, o Kairat conta com uma legião brasileira em seu elenco: Léo Santana, André, Giva, Henrique, Rodrigo, Alexandre, Betão, Euler, Joan e o naturalizado cazaque Leo.

Além de atual campeão mundial interclubes, o Kairat é o atual campeão europeu de futsal. O título foi conquistado em cima do Barcelona, em abril, em decisão disputada em Lisboa (Portugal).

O Mundial de Clubes deste ano terá, além do Kairat, atual campeão europeu e mundial; e do Atlântico Apti Uri Erechim, campeão sul-americano e sediante; as equipes do Futsal Toronto (Canadá); MISR Lemmakasa (Egito); e Al Dhafra (Emirados Árabes).

Atual campeão mundial de futsal, o AFC Kairat fica em Cabo Frio até o fim do mês (foto de Ari dos Santos/SECOM PMCF)

Atual campeão mundial de futsal, o AFC Kairat fica em Cabo Frio até o fim do mês (foto de Ari dos Santos/SECOM PMCF)

Cristiano Araújo e o etnocentrismo nosso de cada dia

“Quem é Cristiano Araújo? Eu não conheço, nunca ouvi falar. Pra que esse estardalhaço?”. Foi uma das frases mais ouvidas e lidas essa semana.

Ontem, um amigo que trabalha com Comunicação Social definiu bem: o etnocentrismo do Brasil ficou exposto na cobertura da imprensa sobre a morte do cantor Cristiano Araújo.

"Empinadinha", um dos primeiros sucessos do goiano Cristiano Araújo

“Empinadinha”, um dos primeiros sucessos do goiano Cristiano Araújo

O cara é muito conhecido em grande parte do Brasil, principalmente nos Estados do Nordeste e onde o agronegócio impera, mas é um estranho nas duas principais capitais do país, Rio e São Paulo (e isso não tem nada a ver com preconceito geográfico ou de estilo musical). Nenhum desconhecido lota shows país afora, tem agenda marcada com três meses de antecedência ou leva 40 mil pessoas ao seu velório.

Além de tudo, a trágica morte do cantor e da namorada, além do aspecto comercial (ele é artista do cast da Som Livre, um dos grandes vendedores nesses tempos bicudos pra música) colaborou para a amplificação da cobertura. Mas isso é normal. Grande parte das pessoas nas redes sociais acha que o mundo gira em torno do próprio umbigo (a famosa síndrome do Sol).

Por fim, há a hipocrisia em muitos comentários que eu vi, na linha “um absurdo perder tanto tempo com um desconhecido, enquanto gente comum morre todo dia”. Gente do showbiz, atletas, políticos e alguns empresários NÃO SÃO pessoas normais no que se refere à cobertura de mídia, exposição na imprensa, salários. É assim que funciona. Essa igualdade que pregam é linda, mas não funciona em lugar algum do mundo.

E pra quem não sabe o que é etnocentrismo, vai aí a definição:

  1. substantivo masculino
    antrpol visão de mundo característica de quem considera o seu grupo étnico, nação ou nacionalidade socialmente mais importante do que os demais.

Somos tão jovens?

Tô na Vibe com Forfun

Tô na Vibe com Forfun

Ontem de madrugada, uma postagem no Facebook anunciou o fim da carreira da Forfun, uma das inúmeras bandas que fizeram a cabeça da molecada no final da década passada e início dessa. Eu já estava “velho” quando eles estouraram – mas eram frequentes os shows aqui em Cabo Frio, principalmente em um evento chamado “Tô na Vibe”, realizado pelo meu amigo Caio Figueira.

Conheço pouco do trabalho deles, não posso dizer se gosto ou não. Mentira: tem uma música deles, “Suave”, que eu gosto muito – e que ganhou uma versão pras pistas muito boa do duo de DJs Felguk. Mas não tenho capacidade, nem pretensão, pra dizer mais que isso sobre o som deles. Mas fica fácil de perceber no Facebook e demais redes sociais uma tristeza daquela molecada, meninos e meninas, que hoje cresceu, mas que carrega aquelas mensagens até hoje no coração.

E fico pensando como é que a música tem esse dom de unir e encantar pessoas, que as vezes, nunca se viram. E aí lembrei imediatamente da frase que intitula esse post (de “Tempo Perdido”, uma das poucas músicas da Legião Urbana que eu gosto até hoje). Somos tão jovens?

Não somos mais – apesar de eu ter a certeza que envelhecimento é, fundamentalmente, uma questão de espírito. E a música é um fator fundamental pra gente se manter jovem. Quem é que não tem uma música antiga, mais velha até que você mesmo, que você gosta ou que de alguma maneira toca seu coração? Ou porque te lembra a infância, ou porque você começou a gostar daquele artista e foi pesquisar; ou ainda porque você a ouviu num filme, numa série, numa novela…

Às vezes, a gente toma um “susto” desses, quando lembranças da juventude são interrompidos, assim, do nada. Mas a vida é assim mesmo. Se não somos tão jovens, nossa mente é imortal.

Conselho Tutelar de Cabo Frio: inscrição de candidatos termina nesta quarta-feira

Termina nesta quarta-feira (dia 3) o prazo para que os candidatos interessados em participar da eleição dos Conselhos Tutelares de Cabo Frio e Tamoios procurem o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Cabo Frio (CMDCA), na sede da Secretaria Adjunta da Criança e do Adolescente, no prédio administrativo da Prefeitura de Cabo Frio no bairro Braga (Rua Florisbela Rosa da Penha, 292) para fazer a inscrição. O atendimento está sendo feito das 10h às 16h. O prazo foi aberto no último dia 15, a eleição será no dia 4 de outubro e a pose no dia 10 de janeiro de 2016. Ao todo serão 10 vagas de titulares e 10 de suplentes, sendo cinco titulares e cinco suplentes para Cabo Frio e o restante para Tamoios.

A eleição para eleger os membros dos Conselhos Tutelares obedece uma determinação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), sendo organizada pelo CMDCA com fiscalização pelo Ministério Público. A votação acontece por voto direto e facultativo a todos os cidadãos com idade a partir de 16 anos, eleitores de Cabo Frio ou Tamoios que tenham título de eleitor há pelo menos três meses antes da eleição. Os eleitores de Cabo Frio votarão nos candidatos de Cabo Frio, e os eleitores de Tamoios nos candidatos de Tamoios. Para organizar e executar os procedimentos administrativos necessários a realização do processo eleitoral, uma comissão especial foi formada com quatro integrantes do CMDCA, sendo dois representantes governamentais (Renato de Carvalho Macedo e Sandra dos Santos Siqueira) e dois não governamentais (Cristiane Zotich, representando a Associação Comercial de Cabo Frio, e Rosa Brandão, representando a ONG Cajef).

Pela primeira vez a eleição do Conselho Tutelar acontece de forma unificada em todo o país, e com mandato de quatro anos. Antes da Lei Federal nº 12.696/2012, o mandato era de três anos, e cada município realizava a eleição numa data diferente. Em Cabo Frio, por exemplo, a última eleição aconteceu em 2010.

– Pela regra anterior teríamos que fazer uma nova eleição em 2013, mas como a Lei 12.696/2012 já estava em vigor, determinando que a nova eleição só poderia acontecer em outubro deste ano, o mandato dos conselheiros precisou ser esticado – explicou Renato de Carvalho, lembrando que a nova regra permite somente uma recondução ao cargo através de nova eleição.

O edital define que a função de conselheiro tutelar é temporária e sim vínculo empregatício com o município, seja de forma trabalhista ou estatutária. No entanto garante diversos direitos e deveres estabelecidos pela legislação como remuneração mensal no valor de R$ 2.148,00 (equivalente ao cargo de assistente social), cobertura previdenciárias, férias anuais remuneradas, licença maternidade e paternidade e 13º salário. Mas os benefícios valem apenas para os membros titulares. “Os suplentes só recebem esses benefícios caso venham a ser convocados para substituir um membro titular” – esclareceu Cristiane Zotich, lembrando que outra determinação do edital é o conselheiro tutelar tenha dedicação exclusiva ao cargo, já que além do horário de expediente das 8h às 18h de segunda à sexta, existem os plantões das 18h às 8h durante a semana, e de 24 horas nos finais de semana e feriados.

Para participar da eleição, o candidato deve ter, no mínimo, 21 anos de idade, morar em Cabo Frio ou Tamoios há pelo menos cinco anos, comprovar um mínimo de dois anos de trabalho na defesa ou atendimento dos direitos da criança e do adolescente entre outras exigências previstas em edital. Fica vedada a participação de parentes diretos ou indiretos de autoridades judiciárias ou de representantes do Ministério Público. No ato da inscrição o candidato também deve apresentar original e cópia da identidade, CPF, certificado de conclusão do Ensino Médio em instituição reconhecida pelo MEC, Certificado de Reservista (para os homens) e Certidão Criminal Negativa.

Os candidatos que comprovarem aptidão documental ficam automaticamente selecionados para a segunda fase do processo, onde farão prova escrita eliminatória sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente. Os aprovados passam para a terceira fase, que é a avaliação médica e psicológica, seguida de prova escrita sobre vários assuntos com 20 questões objetivas e uma dissertativa, onde só estará classificado para concorrer o candidato que alcançar um mínimo de 50% de acertos. Após a eleição, os eleitos passarão por curso de capacitação e estágio obrigatório nos Conselhos Tutelares para onde foram eleitos.

4.1

E terminou a semana do meu aniversário. A semana foi movimentada, divertida e cheia de surpresas. Muito legal, queria dizer que aproveitei cada momento. Ganhei uma festa surpresa, preparada pela minha mulher, Nana; pela grande amiga, Viviane Aguiar; e uma galera muito chegada e cada vez mais próxima.

Bem… 41 anos de idade. E agora? O que vai ser? É mais um ano ou menos um ano? O que mais eu posso aprontar no período em que vou ficar por aqui nesse plano?

Bem, em primeiro lugar, quero que minha saúde esteja cada vez melhor para que eu possa aproveitar a vida cada vez mais. Quero estabelecer novas metas profissionais; retornar à faculdade para, finalmente, concluir o curso de Educação Física e concretizar um sonho que não é só meu, mas da Nana, dos meus pais e dos meus irmãos; e tentar ser o mesmo cara que eu tenho sido ao longo desses anos.

eu-bebe.jpgComo eu costumo dizer, quem não me conhece pessoalmente, só das redes sociais, pode ter uma impressão equivocada de mim. Sou um cara simples, sem ostentação, sem luxo. Tento ser amigo dos meus amigos e dar moral a quem me dá moral. Eventualmente nego tá aí pra me jogar pedra, mas isso também faz parte da caminhada. Aprendi a conviver bem com isso, a respeitar as diferenças e a filtrar as informações e as coisas que não me fazem bem.

Sou muito grato a cada pessoa que, com um gesto de carinho ou afeto, tem me ajudado a levantar das sombras que volta e meia me assombram. Depressão não é uma coisa legal, mas a gente não pode se entregar. Essas pessoas, meus amigos, próximos ou distantes; minha família; me ajudam a não me render, a não desistir.

Um dos passos pra me ajudar a reerguer é escrever e dividir com os poucos amigos que leem as minhas dúvidas e meus sofrimentos. Alegrias também. E assim eu vou vivendo.

Hoje é domingo, e pra mim, é o dia de descansar. Agradeço a vocês que me aturam, virtual ou realmente. E continuem me incentivando. Um beijão!

Celebração

Como eu postei no Facebook, quero avisar que o meu aniversário não é hoje, é na quarta, dia 13.

Pros amigos leitores que não são daqui, o Grupo Nada Igual é um dos mais renomados da Região dos Lagos. Gravou um DVD em janeiro (que está prestes a ser lançado), comemorando cinco anos de estrada do grupo. Eu já tenho uma parceria com eles há dois anos e meio, dentro de um evento semanal que se chama Luau do Nada Igual.

Atualmente, o evento acontece aos sábados, no São Pedro Esporte Clube (SPEC, como todo mundo conhece), no centro de São Pedro da Aldeia. Casa sempre lotada e eu tô sempre lá, fazendo o aquecimento e o intervalo dos shows.

Aproveitando a oportunidade, juntei o trabalho deste sábado com a oportunidade de começar a comemorar meu aniversário. Além do Nada Igual, vários amigos que fiz nessa trajetória vão estar lá dando uma canja e uma moral pra mim.

Moral que começa quando o Nada Igual abre espaço em seu luau pra me homenagear. E de forma carinhosa (e um pouco exagerada), coloca no material promocional: “muitos convidados para comemorar com o DJ mais querido da região”.

É bom ser querido, é bom quando acreditam no seu trabalho e depois de todos esses anos de estrada, ainda te dão chances de continuar aprendendo e crescendo.

E é isso. Pra quem é da região e quiser ir ao Luau, sinta-se convidado por mim neste sábado. Os amigos sabem como me contactar. E vamos aproveitar que a semana será longa, pelo visto.